quinta-feira, 25 de julho de 2019

Pharoah Sanders: show de 1968 reeditado







BREVEs  Cultuado concerto do quarteto de Pharoah Sanders captado em julho de 1968 ganha nova versão em vinil...








Por Fabricio Vieira


O saxofonista Pharoah Sanders estava alcançando seu melhor no fim dos anos 1960, época em que gravaria seu clássico maior, o álbum “Karma”. Sanders iniciou sua carreira solista em 1965 (“Pharoah”, ESP-Disk), período em que também entraria para o grupo de John Coltrane (1926-1967). Com a morte de Trane, Sanders investiu de forma mais focada em sua própria obra. Foi nesse período que desembarcou na França para participar do Antibes Jazz Festival, na cidade de Juan-les-Pin. Era julho de 1968. A seu lado estavam Lonnie Liston Smith Jr. (piano), Norris Sirone Jones (baixo) e Majeed Shabazz (bateria). A música que apresentaram no palco francês era espiritual, onírica, com alguns picos energy (Sanders não esquece de mostrar sua fúria ao tenor), em sintonia com os álbuns que o saxofonista publicou à época.

É curioso que esta apresentação no Antibes Jazz Festival, agora reeditada pelo selo Alternative Fox, com seus cerca de 37 minutos, já circulou anteriormente em algumas outras edições, em vinil e CD – e sempre em versão bootleg, nunca revisitada de forma oficial. Apesar de o disco não trazer os nomes das faixas, encontramos aqui passagens por temas como “Venus”, “The Creator Has a Master Plan” e até um trecho de “Balance”, que entraria em seu disco seguinte, “Izipho Zam” (69). A gravação é de boa qualidade, sendo um rico testemunho da música de Sanders no período e merece estar na estante de todos entusiastas de sua obra.




Os mais lidos...