sexta-feira, 23 de julho de 2010

Outras parcerias mais

Já que falei há pouco da ‘pegada’ do Full Blast, nada melhor do que ouvir o trio em ação para, eventualmente, comparar o resultado com o trio que tocou com Peter Brötzmann em discos como o citado “Live at Nefertiti”.
O Full Blast iniciou suas atividades em 2005, mantendo-se em atividade até hoje. Oficialmente, lançou três álbuns (“Full Blast”, Black Hole” e “Crumbling Brain”). O grupo é uma das experiências mais ‘rocker’ e pesadas do saxofonista alemão. A seu lado, o baixo elétrico de Marino Pliakas e Michael Wertmueller (bateria).
Entre setembro e outubro, o grupo estará em turnê pela Europa, passando por Polônia, Holanda, Alemanha, Suíça e Áustria. Quem estiver por lá...
Aqui temos um ‘bootleg oficial’, vendido por Brotz no fim dos shows. Numerado, com 300 cópias, o álbum traz o grupo ao vivo no “Tonic”, em abril de 2007. Sete faixas sem títulos, 60 minutos de música intensa.


Os mais lidos...