FREE THE JAZZ!!!

IMPROVISED MUSIC, JAZZ ANARCHY, NEW THING, INSTANT COMPOSITION, OUT JAZZ, ALEATORY MUSIC, MODERN FREE, FIRE MUSIC, NOISE, AVANT-GARDE JAZZ, INTUITIVE MUSIC, ACTION JAZZ, FREE IMPROVISATION, JAZZCORE, CREATIVE IMPROVISED MUSIC. FREE THE JAZZ!!!

*SOBRE (about us)...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O piano de Chris McGregor

Filho de um missionário escocês, o pianista Chris McGregor (1936-1990) nasceu e iniciou seu percurso musical na África do Sul. Seu primeiro grupo, o "Blue Notes", foi formado em 63 e já trazia a fusão de elementos percussivos africanos em diálogo com o free improvisation. Em 64, período de intensas tensões sócio-políticas, sai do país com seu grupo para se apresentar no Antibes Jazz Festival. E acaba por peregrinar (e se firmar) em solo europeu _morreria, em 90, na França.
Na Europa, cria a big band Brotherhood of Breath, em 69, que reúne outros expatriados africanos e músicos da cena britânica. O primeiro álbum do Brotherhood of Breath saiu em 71. Nos anos seguintes, passam pelo grupo figuras como Evan Parker, Trevor Watts, Paul Rutherford, além dos conterrâneos Louis Moholo, Harry Miller e Johnny Dyani. Esse grupo está bem distribuído atualmente, sendo relativamente tranquilo encontrar alguns de seus CDs em lojas virtuais.
Paralelamente ao Brotherhood of Breath, McGregor fez três gravações solos, dentre as quais pincei In His Good Time.

Gravação oriunda de um show de 1977, foi lançada apenas em vinil, na época, pelo selo Ogun. Ouvir esse concerto solo é desvendar um campo muito distinto do oferecido por Cecil Taylor ou Keith Jarrett _dois extremos da improvisação livre pianística. A formação e o percurso de McGregor pertencem a outras trilhas que não as percorridas por esses mestres do piano.

1: Call/ Raincloud/ Umhome
2: Yikiti
3: Mngqusho
4; In His Good Time/ The Bride/ Ududu Nombambula

Recorded live at the Palais des Glaces, Paris, in 1977