FREE THE JAZZ!!!

IMPROVISED MUSIC, JAZZ ANARCHY, NEW THING, INSTANT COMPOSITION, OUT JAZZ, ALEATORY MUSIC, MODERN FREE, FIRE MUSIC, NOISE, AVANT-GARDE JAZZ, INTUITIVE MUSIC, ACTION JAZZ, FREE IMPROVISATION, JAZZCORE, CREATIVE IMPROVISED MUSIC. FREE THE JAZZ!!!

*SOBRE (about us)...

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Brötzmann Live 2008

A incessante atividade de Peter Brötzmann tem gerado nessas quatro décadas de criação musical a que está exposto uma infinidade de projetos. Somente nos últimos anos, apareceram o Full Blast, o Sonore e as (re-) associações com Joe McPhee e Toshinori Kondo. Com o trompetista japonês, tem excursionado desde 2008, ao lado dos mais jovens Massimo Pupillo (bass) e Paal Nilssen-Love (drums). Esse quarteto ainda está em ação, com agenda carregada para o mês de março, que conta com apresentações na Itália, Inglaterra, Sérvia, Bélgica e Alemanha. Juntos, lançaram o disco Hairy Bones, em 2009.

Brötzmann e Kondo compartilharam um dos mais interessantes grupos dos anos 90, o Die Like a Dog Quartet, que ainda contava com William Parker e Hamid Drake. O primeiro disco do grupo, de 93, trazia como título Fragments of Music, Life and Death of Albert Ayler. O 'Die Like a Dog' produziu cinco álbuns (um deles sem Kondo), todos ao vivo. O japonês Toshinori Kondo nasceu em 1947, e tem explorado em sua longa estrada o trompete amparado em efeitos eletrônicos, com uma variedade de pedais e amplificadores. Ao lado de Brötzmann tem vivido passagens intensas, oferecendo sons diferentes do que os parceiros do alemão costumam ofertar. Parcerias com Derek Bailey, Steve Lacy, Milford Graves e Paul Lovens estão em seu currículo.

Massimo Pupillo é baixista e líder do grupo italiano Zu, que funde o free jazz, o garage e o avant-rock, tendo trabalhado com figuras como Ken Vandermark e Mats Gustafsson, que são também companheiros de longa data do baterista Paal Nilssen-Love. O trio Brötzmann/Gustafsson/Nilssen-Love gravou em 2006 o álbum 'The Fat Is Gone', que é um dos mais intensos registros da década.


Em “Live at Bimhuis (Amsterdam)”, realizado em 22 de setembro de 2008, o quarteto mostra a vitalidade do que tem feito _apesar de apresentar uma abordagem distinta da oferecida pelo Full Blast, traz uma intensidade relativamente próxima. Conhecer essa apresentação é uma oportunidade de avaliar o legado e a relevância de Brötzmann para a música contemporânea. O show foi retransmitido, na época, pela rádio BBC.

1- radio comments (02:40)
2- North (33:52)
3- Peter Brötzmann interview (07:40)
4- East (15:13)
5- radio comments (02:49)

*Peter Brötzmann: alto/tenor saxs, bb clarinet, tarogato
*Toshinori Kondo: trumpet / electronics
*Massimo Pupillo: electric bass
*Paal Nilssen-Love: drums

Local: Bimhuis, Amsterdam
Recorded date: 22nd Sept 2008

***photo by Heiko Purnhagen