sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Um MAPA do FREE internacional em nossos palcos








Em busca de mapear apresentações de artistas da free music internacional que já aportaram por aqui, em qualquer espaço em qualquer época, iniciamos este levantamento...
 






Por Fabricio Vieira


Na última década, vimos um crescimento notável na oferta de free music nos palcos brasileiros, com uma movimentação mais ativa no que se refere à vinda de músicos estrangeiros (inclusive com a estreia de nomes históricos por aqui, como Anthony Braxton, Peter Brötzmann e Henry Threadgill), a ampliação de livre improvisadores locais e o fortalecimento de uma nova cena. Esse processo teve seu pico provavelmente no período entre 2010 a 2015, quando o Centro Cultural São Paulo (CCSP) manteve importante e ativa abertura para a free music e o Sesc, além de trazer nomes variados, criou o festival Jazz na Fábrica, brindando o público com figuras destacadas do free de diferentes gerações. Antes disso, vindas de músicos ligados ao universo free jazzístico eram pontuais e centradas em nomes dos Estados Unidos, sendo destaque nesse sentido também o papel do Chivas Jazz Festival. São Paulo é o local que concentra o maior número de apresentações, sendo que praticamente todos os nomes que vieram ao país passaram pela cidade; o Rio de Janeiro assumiu maior protagonismo nos últimos anos, em especial com as atividades realizadas no Audio Rebel. É interessante que diferentes anos antes dos 2000 não contaram sequer com uma apresentação da seara free, sendo que temos regularmente festivais dedicados ao mundo do jazz no país desde o início da década de 1980, o que ilustra o perfil mais conservador de curadoria/produção/público por longo período. Vale notar que o início do free jazz em nossos palcos teve uma data anunciada e cancelada há muito tempo: dia 15 de agosto de 1980, no Rio Monterey Jazz Festival, em que estava programada uma pioneira apresentação do Art Ensemble of Chicago. Segundo jornais da época, o concerto foi cancelado poucos dias antes do agendado porque os músicos do AEC teriam feito exigências extracontratuais para virem ao país, inviabilizando o processo – passariam muitos anos até que pudéssemos ver o AEC.

Com a intenção de organizar um registro, partindo de uma memória esparsa e fragmentada, sobre o free internacional em nossos palcos, foi desenvolvido esse levantamento, que busca separar por anos a vinda de artistas dessa seara sonora ao Brasil – importante: o foco é o que entendemos historicamente por free jazz/free improvisation; não se trata de uma listagem da música experimental como um todo, que incluísse noise,  eletroacústica, drone, ambient, industrial e outras vertentes esteticamente relevantes, mas que ampliaria além do desejado nosso escopo. Um importante norte nesse recorte é a seleção de músicos que compõe o livro “Free Jazz and Free Improvisation: An Encyclopedia”, obra basilar para qualquer interessado no tema. Músicos brasileiros aparecem quando se estabeleceram no exterior e pouco tocam por aqui; parcerias de estrangeiros com músicos locais também são indicadas.    
Há músicos que têm trabalhos ou parcerias no mundo do free, mas que não são propriamente representantes dessa seara, que vieram ao Brasil e acabaram por não aparecer neste mapa – isso não tem nada a ver com a qualidade de suas obras; trata-se apenas de ajuste de catalogação, um critério dentre outros. Nesse caso, poderiam ser citados nomes como os dos pianistas Keith Jarrett (que veio ao país em 1987, 1989 e 2011), Jason Moran (2003 e 2014) e Vijay Iyer (2008 e 2018) ou mesmo Max Roach (1989), Don Byron (2000 e 2010) e Gary Bartz (2012). Há também eventos específicos, como a passagem de Gary Peacock e Billy Higgins pelo Heineken Concerts de 93, onde tocaram com Toninho Horta, fazendo algo mais digerível para um público que não estava lá para ver free mesmo... Por outro lado, há músicos que não vieram apresentar um concerto de viés mais avant-garde, mas são figuras historicamente indissociáveis do free jazz, como Charlie Haden ou Dewey Redman – assim, aparecem na lista.
A organização desse mapa do free é simples: separados por ano, destacamos o nome do artista internacional; em parênteses, alguma particularidade, como o nome do grupo ou de músicos locais com quem tocou; segue-se o mês e a cidade onde aconteceu o evento; em colchetes, vem o espaço ou evento em questão.
Nomes do free internacional que passaram por aqui em algum momento devem ter sido deixados para trás, ficado de fora neste mapeamento, claro – um exemplo: o saxofonista Ned Rothenberg, que esteve em algum momento na USP em anos passados, mas não conseguimos localizar tal evento... Dessa forma, trataremos esse mapa como um work in progress: quem tiver informações de outros músicos ligados ao free jazz/free impro que vieram ao país em alguma oportunidade e não apareceram aqui, basta avisar para que a listagem possa, sempre que for o caso, ser atualizada.





MAPA DO FREE INTERNACIONAL



1986
*Elton Dean Quintet: fev-mar, SP/Rio/Brasília [e outros locais]


1989
*Cecil Taylor (com William Parker e Gregg Bendian): jun, SP/Rio [Free Jazz Festival]
*John Zorn (Naked City): jun, SP/Rio [Free Jazz Festival]


1993
*Ornette Coleman: set, SP/Rio [Free Jazz Festival]
*World Saxophone Quartet: set, SP/Rio [Free Jazz Festival]


1994
*Don Cherry / Naná Vasconcelos (e convidados): abr, SP/Rio [Heneiken Concerts]


1997
(Cortesia: Thomas Rohrer)
*Alexander von Schilippenbach/ Evan Parker/ Paul Lovens: set, SP/Porto Alegre [Sesc Pompeia, Hebraica, Instituto Goethe]
*Pharoah Sanders: out, SP/Rio [Free Jazz Festival]


1999
*Charlie Haden: abr, SP [Heinekken Concerts]


2000
*Carla Bley/ Steve Swallow Duo: abr, SP [Heineken Concerts]
*David Murray (com Dave Burrell e Andrew Cyrille): jun, SP [Chivas Jazz Festival]
*Geri Allen: jun, SP [Chivas Jazz Festival]
*Steve Lacy/ Mal Waldron Duo: jun, SP [Chivas Jazz Festival] 
*Art Ensemble of Chicago: out, SP/Rio [Free Jazz Festival]



2001
*Archie Shepp: jun, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]
*Dave Douglas Sextet: jun, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]


2002
*Dewey Redman: mai, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]


2003
*Arthur Blythe Trio: mai, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]
*Paul Motian: mai, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]
*Paul Bley (solo): mai, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]



2004
*Sun Ra Arkestra: mai, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]
*Andrew Hill (com John Hébert e Nasheet Waits): mai, SP/Rio [Chivas Jazz Festival]
*Bobby Previte (com Wayne Horwitz e outros): mai, SP/ Rio [Chivas Jazz Festival]
*Rubén Ferrero (com Yedo Gibson e Panda Gianfratti): out, SP [Funarte]
*Chicago Underground Duo: dez, SP [Sesc Pompeia]


2005
*Trevor Watts/ Jamie Harris Duo: jul, SP [Teatro do Sesi]


2006
*Phil Minton: mai, SP [Centro Universitário Maria Antonia]
*Ernst Reijseger (com Ivo Perelman): set, SP [Tom Jazz]
*Marcio Mattos (com o Abaetetuba): out, SP [MIS]
*Charlie Haden: out, SP/Rio [Tim Festival]


2007
*Ivo Perelman/ Dominic Duval: mar, SP [Centro da Cultura Judaica]
*Cecil Taylor: out, SP/Rio [Tim Festival]
*Han Bennink/ Michael Moore (com a Mantiqueira): out, SP [Sesc Vila Mariana]


2008
*Hans Koch (com Thomas Rohrer e Panda Gianfratti): abr, SP [Centro Universitário Maria Antonia]
*Peter Brötzmann (Full Blast): jun, SP/Porto Alegre [Sesc Vila Mariana]
*Ivo Perelman (com Dominic Duval e Rosi Hertlein): jun, SP [Masp e Sesc Vila Mariana]
*Carla Bley: out, SP/Rio/Vitória [Tim Festival]
*Art Ensemble of Chicago: out, SP [Sesc Vila Mariana]
*Nublu Orchestra (com Butch Morris): out, SP [Sesc Santo André e Pompéia]



2009
*Exploding Star Orchestra (com Roscoe Mitchell): mai, SP [Sesc Vila Mariana]
*Ivo Perelman/ Mark Sanders/ Luc Ex: out, SP [Casa de Francisca]
*Phil Minton/ Veryan Weston/ Luc Ex/ Sanders (Speeq): out, SP [CCSP e outros locais/parcerias]



2010
*Hans Koch (com Thomas Rohrer e Panda Gianfratti): jun, SP [CCSP]
*EKE Trio: jul, SP [CCSP e outros locais]
*Pharoa Sanders (& The Undergound): ago, SP [Sesc Pinheiros]
*Trevor Watts/ Veryan Weston: set, SP [Sesc Vila Mariana]
*Ivo Perelman (com Matthew Shipp, Joe Morris e Gerald Cleaver): set, SP [Sesc Pompeia, Osasco e Bauru]
*Ornette Coleman: nov, SP [Sesc Pinheiros]
*Crash Trio: nov, SP [Sesc Santana]
*John Edwards, Raymond MacDonald, Ricardo Tejero (com Abaetetuba e outros): nov, SP [FIIL]
*Ken Vandermark/ Mark Sanders/ Luc Ex: dez, SP/Porto Alegre [CCSP, Santander Cultural]
*Han Bennink/ Phil Minton: dez, SP [CCSP]



2011
*Yusef Lateef (com Rob Mazurek, William Parker e outros): fev, SP [Sesc Pompeia]
*Chefa Alonso: abr, SP [CCSP e outras locais]
*Fire!: mai, SP [Jazz na Fábrica]
*Archie Shepp: mai, SP [Jazz na Fábrica]
*Audrey Chen: mai, SP [CCSP]
*Stellari String Quartet: mai, SP [CCSP]
*Ab Baars/ Ig Henneman: ago, SP [CCSP]
*Simon Nabatov: ago, Porto Alegre [Instituto Goethe]
*John Russell/ Javier Carmona/ Hans Koch (com o Abaetetuba): out, SP/Recife/João Pessoa [FIIL]
*SOL 6: set, SP/BH [CCSP, Santa Marcelina]
*Rob Mazurek’s Skull Sessions: nov, SP [Sesc Pinheiros]
*Sabu Toyozumi (com Panda Gianfratti): dez, SP [CCSP e outros locais/parcerias]
*Royal Improvisers Orchestra: dez, SP [CCS, CCJ, outros locais/parcerias]

 
2012
*David Torn/ Tim Berne /Ches Smith: jan, SP [Sesc Belenzinho]
*Sun Ra Arkestra: fev, SP [Nublu Jazz]
*John Zorn (Masada): mar, SP [Cine Joia]
*Ken Vandermark/ Christof Kurzmann: mar, SP/Porto Alegre/Florianópolis [CCSP, StudioClio, outros locais]
*Roger Turner/ Urs Leimgruber: mai, SP [CCSP]
*Chicago Underground Duo: mai, SP [Sesc Belenzinho]
*Alex Ward/ Steve Noble: jun, SP [Sesc Belenzinho]
*Peter Brötzmann/ John Edwards/ Steve Noble: jul, SP [Sesc Belenzinho]
*Wadada Leo Smith: jul, SP [Sesc Vila Mariana]
*John Butcher/ Eddie Prévost: jul, SP [CCSP]
*Matana Roberts: set, SP [Sesc Belenzinho]
*Corkestra: set, SP [CCSP]
*ICP Orchestra: set, SP [CCSP]
*Pulsar Quartet: out, SP [Sesc Belenzinho]
*Parallax: out, SP [CCSP]
*Hans Koch/ Marcio Mattos (com o Abaetetuba): nov, SP [Sesc Belenzinho]
*Ches Smith: nov, SP [Sesc Belenzinho]



2013
*Rodrigo Amado/ Gabriel Ferrandini: fev, SP/Rio [Sesc Belenzinho-Santos e Audio Rebel]
*Frode Gjerstad Trio: mar, SP/Rio [Serralheria, Audio Rebel]
*Phil Minton/ Audrey Chen: abr, SP [CCSP e outros locais]
*Pharoa Sanders: mai, SP [Virada Cultural]
*Lisa Cay Miller: mai, SP [CCSP]
*The Thing (com Joe McPhee): jun, SP [Sesc Belenzinho, Santos, Ribeirão Preto e Araraquara]
*Sun Rooms: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*David Murray: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Roscoe Mitchell (solo): ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Ivo Perelman (com Matthew Shipp, Michael Bisio e Whit Dickey): ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Terry Day: set, SP [CCSP]
*Samuel Blaser/ Marc Ducret: set, SP/Rio [Sesc Belenzinho, Audio Rebel]
*Signs of the Silhouette: set, SP/Rio [CCSP, Audio Rebel]
*Matana Roberts: nov, SP [CCSP]
*Rob Mazurek/ Jeff Parker Duo: dez, SP [Serralheria]



2014
*Carlos Zíngaro/ Wind Trio/ Abdul Moimême (diferentes parcerias): fev-mar, BH/SP [UFMG, CCSP]
*Atomic: abr, SP [Sesc Pompeia, Santos, Piracicaba, Sorocaba]
*Boi Akih (com Yedo Gibson e Vasco Trilla): abr, SP/Rio [Sesc Belenzinho, Audio Rebel]
*Gabriel Ferrandini (diferentes parcerias): mai, SP/Rio [Casa Nam, Audio Rebel]
*Phil Cohran: jun, SP [Sesc Belenzinho]
*Anthony Braxton (com Mary Halvorson, Taylor Ho Bynum e Ingrid Laubrock), ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Mary Halvorson (solo), ago, SP [CCSP]
*Wadada Leo Smith, HPrizm, Henry Grimes (e outros): ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Hans Koch/ John Edwards (com Thomas Rohrer e Panda Gianfratti): ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Nate Wooley Quintet: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Josh Sinton (com Mauricio Caetano e Igor Pimenta): ago, SP [Jazz B]
*Paal Nilssen-Love: set, SP/Rio [diferentes locais e parcerias]
*Lars Greve (com São Paulo Underground): nov, SP [CCSP]
*Hernani Faustino/ Jorge Nuno (com Rodrigo Gobbet, Marcio Gibson e Mauricio Takara): nov, SP [Funarte]



2015
*Signs of the Silhouette: jan, SP/Rio [diferentes locais]
*Vasco Trilla/ Johannes Nastesjo: mar, SP [Sesc Belenzinho]
*Tim Berne (Snakeoil): mar, SP [Sesc Consolação e Ribeirão Preto]
*Tony Bevan (com Mauricio Takara): jul, SP [Matilha Cultural]
*Dror Feiler: jul, SP [FIME]
*Cecilia Quinteros: jul, SP [FIME]
*William Parker Quartet: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Muhal Richard Abrams (solo): ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Gary Peacock Trio: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Barcode Quartet: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Trevor Watts/ Veryan Weston: set, SP/Rio [MCI]
*Lars Greve: set, SP [MCI]
*John Surman: out, Porto Alegre [POA Jazz]
*Frank Rosaly (com Ibelisse Guardia): nov, SP/Rio [diferentes locais]
*Kaja Draksler/ Matiss Cudars Duo: dez, SP/Rio [Casa do Núcleo, Trackers, Audio Rebel]



2016
*Paal Nilssen-Love: fev, SP/Rio [diferentes locais-parcerias]
*Henrik Norstebo/ Phil Minton/ Audrey Chen/ Bob Ostertag: mar, SP/Rio [diferentes locais]
*Mat Maneri/ Craig Taborn/ Ches Smith: jul, SP [Sesc Belenzinho]
*Peter Brötzmann (Full Blast): jul, SP/Rio/Salvador/BH [Sesc-FIME, Audio Rebel, Instituto Goethe]
*Peter Evans (solo): jul, SP/Rio/BH [Sesc-FIME, Audio Rebel]
*Dror Feiler: jul, SP [FIME]
*Three Corpse Piledriver: jul, SP [FIME]
*Matthew Shipp (solo): ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Large Unit: set, SP/Rio [Trackers, Audio Rebel, Funarte]
*Marcio Mattos (com Abaetetuba): set, SP [Sesc Belenzinho]



2017
*Frode Gjerstad Trio (e convidados): mar, SP/Rio [Sesc Pompeia, Trackers, Audio Rebel]
*Paal Nilssen-Love (com Kiko Dinucci): jun, SP/Rio [Disjuntor, Audio Rebel]
*Globe Unity Orchestra: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Annette Peacock/ Roger Turner: ago, SP [Jazz na Fábrica]
*Mat Maneri/ Lucian Ban: out, SP [Sesc Pinheiros]
*Teté Leguía/ Martín Escalante: nov, SP [FIME]
*New Zion Trio: nov, SP [Sesc Pompeia]
*Otomo Yoshihide: nov-dez, SP/Rio/BH [diferentes parcerias-locais]
*Louis Laurain: dez, Rio [Novas Frequências]



2018
*Henry Threadgill (Zooid): ago, SP [Sesc Jazz]
*Archie Shepp e Kahil El’Zabar Ritual Trio: ago, SP [Sesc Jazz]
*Fred Frith Trio (com Susana Santos Silva): ago, SP [Sesc Jazz]

Os mais lidos...